Você Sabe Qual É A Diferença Entre O Vegetariano E O Vegano? Veja Por Onde Começar

0
1288

Last Updated on

Se você tem a intenção de se tornar vegetariano ou vegano, então precisa entender como funciona cada um deles e pesquisar tudo a respeito, bem como benefícios, alimentos que ingerem, causas que defendem, entre outros aspectos para que você possa descobrir se tem ou não alguma coisa em comum para fazer uma mudança de hábitos de vida tão importante assim.

Antes de tudo é preciso identificar os pontos chaves pelos quais você se encaixa dentro de cada um destes estilos de vida para saber se você se adaptar bem ou não, pois não adianta nada se você é uma pessoa que adora um churrasco, querer ser vegano porque está na moda ou porque alguém te disse que ajuda a emagrecer.

Para perder peso, existem outras formas mais eficazes do que parar de comer carne, até porque quando se para de ingerir a proteína oriunda dos animais, é preciso ter conhecimento o suficiente para repor as proteínas que são essenciais para manter a boa saúde. E falando da proteína, suplementos alimentares e suplementos naturais que ajuda no ganho de massa magra e a emagrecer como ganho de músculos. Eles não podem usar todos, apenas um grupo especifico. Portanto, não é algo que você faz de uma hora para outra ou para definitivamente de comer carne. Trata-se de todo um processo ao qual você vai adequando o seu corpo e a sua mente a se tornar vegetariano ou vegano.

E novamente é importante lembrar: se for algo que você estiver fazendo forçado ou por causa de dieta da moda, desista antes de começar porque não irá dar certo. Ser vegetariano ou vegano é um estilo de vida e você precisa gostar de viver desta forma, pois do contrário as coisas não funcionarão da maneira como você quer.

Procure um nutricionista antes de mudar os hábitos alimentares:

Bom, então você decidiu realmente que quer se tornar um vegetariano ou vegano e agora precisa ter mais conhecimento a respeito disso. Você é o tipo de pessoa que se comove com as causas animais, não gosta de saber que muitos produtos industrializados, como  os alimentos congelados submetem os animais a testes e também fica chocado e quer fazer algo a favor dos animais que são constantemente mortos para servir a mesa das pessoas, então você está em um bom caminho para seguir este estilo de vida.

O especialista que vai te ajudar a esclarecer dúvidas, te dar todo o suporte necessário neste momento de transição é o nutricionista, pois ele é formado e tem a experiência que você precisa sugar para se manter atualizado a respeito da filosofia de vida e dos alimentos que você poderá ou não ingerir. E é dentro deste contexto é que existem as diferenças entre o vegetariano e o vegano, pois o que é liberado para um, pode não ser liberado para o outro e assim por diante.

Confira aqui as diferenças entre o vegano e o vegetariano e escolha qual mais se adequa aos seus hábitos e filosofia de vida:

Veganos – os veganos são as pessoas que não comem nenhum tipo de carne (peixe, frango, boi, etc) e nenhuma proteína de origem animal, portanto, os laticínios ficam excluídos por quem decide se tornar vegano. Ovos, manteiga, leite, carnes processadas, etc. são terminantemente proibidos para quem pratica o veganismo.

Comer Legumes e Vegetais Vai Te Ajudar A Emagrecer e Desinchar? CLICK Nisso!

O vegano se importa, acima de tudo, com o bem estar dos animais e por isso que o veganismo vai muito além do que está se ingerindo na alimentação. O vegano se preocupa com causas de proteção aos animais, não compra produtos que realizam testes em animais, não frequentam zoológicos porque os animais não estão em seu habitat natural, não gostam de touradas, não usam roupas e nenhum outro tipo de produto que tenha qualquer tipo de relação com a exploração ou morte de animais.

Vegetarianos – já este grupo de pessoas apesar de não comer carnes, pode ou não consumir os derivados tais como leite, manteiga e ovos, por exemplo. Os vegetarianos podem ou não estar inseridos dentro de um contexto de causas que se preocupam com os animais e a sua alimentação é basicamente rica em grãos, sementes, vegetais, frutas e cereais. Veja aqui também sementes para emagrecer.

Dentro deste contexto, podemos dizer que o vegetariano é menos radical que o vegano.

Quais tipos de comidas o vegano come?

  • Leites vegetais como amêndoas, amendoim, nozes, castanhas, etc.
  • Frutas, legumes e vegetais.
  • Cereais, grãos e sementes.
  • Queijos feitos a partir dos leites vegetais, por exemplo.
  • Todas as receitas que estes ingredientes são capazes de proporcionar.

Quais tipos de comidas o vegetariano come?

Todas as que o vegano ingere, mas pode incluir ovos e laticínios em suas dietas.

Eles acreditam que o leite e o ovo são alimentos que os animais produzem e eles não precisam ser mortos para produzi-los, logo, não haveria problema em consumir estes alimentos e seus derivados. No entanto, os veganos acreditam que toda e qualquer forma de comer qualquer alimento proveniente de animais é uma maneira de explorar, ainda mais no mundo de hoje, extremamente capitalista que não tem compaixão pelos bichinhos e os submetem a formas negativas para a larga produção destes laticínios e por isso eles, os veganos, se recusam a ingerir este tipo de alimento. Para as dietas dos vegetarianos existe várias como a dieta do arroz à dieta gracie além de suplementos para emagrecer.

Como ter a proteína essencial para o corpo humano sem comer carne?

Existem outras formas de ingerir proteínas mesmo sem comer carne. Há grãos, sementes, cereais e oleaginosas que são ricas em proteínas capazes de nutrir o corpo humano, por isso que os veganos e vegetarianos não sofrem de doenças e não ficam desnutridos.

Tipos de vegetarianismo:

Os vegetarianos são acomodados em subgrupos, onde alguns tipos de alimentos são liberados. Conheça aqui como funciona:

Ovolactovegetarianismo – aqui os vegetarianos podem comer ovos, leites e os seus derivados como o queijo, requeijão, iogurtes, etc. Mas, a carne não é liberada.

Lactovegetarianismo – os indianos são o principal povo que pratica o lactovegetarianismo, pois eles se alimentam de vegetais, leites e seus derivados, logo quem segue este tipo de dieta não come ovos e nenhum tipo de carne, inclusive na Índia, as vacas são considerados animais sagrados.

Ovovegetarianismo  – os vegetarianos deste grupo só comem alimentos de origem vegetal e aproveitam a proteína do ovo, mas as carnes e laticínios não são liberados.

Vegetarianismo semiestrito – exclui totalmente os alimentos de origem animal, liberando apenas o mel para adoçar algumas receitas.

Vegetarianismo estrito – estes vegetarianos não comem nenhum alimento ou produtos de origem animal, não comem ovos, não comem laticínios, nem mesmo ingerem mel e derivados do leite. É considerado o vegetarianismo verdadeiro.

Mas, então o vegetarianismo estrito é também considerado veganismo?

Não porque o veganismo ainda tem essa questão da preocupação com a proteção dos animais, boicotam produtos que fazem testes com animais e não participam de nada que esteja relacionado com a exploração de animais.

Ou seja, quando o vegetariano estrito passa também adotar essa filosofia de vida, ele pode ser considerado como vegano.

Receita de Bolo de Cacau Vegano:

Veja como ser vegano pode ser gostoso e anote esta receita de bolo de cacau vegano para você começar a ir se inspirando nas receitas veganas!

Ingredientes:

– 1 xícara de farinha de amendoim

– 1/2 xícara de mix de sementes (linhaça, girassol, aveia, chia, gérmen de trigo)

– 1/2 xícara de melado ou açúcar de coco (fica a seu encargo)

– 1 colher de sopa de vinagre balsâmico.

– 1 xícara de farinha de trigo integral orgânica.

– 1 xícara de óleo de coco

– 1 xícara de cacau em pó acima de 80%

– 1/2 xícara de mix de farinha de grão de bico, fécula de batata, farinha de maracujá e farinha de arroz.

– 1 colher de café de essência de baunilha.

– 1 xícara de água

– 1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de preparo:

– Misturar todos os ingredientes secos em uma tigela, não precisa bater na batedeira.Coloque o óleo de coco, o melado ou açúcar, a essência de baunilha, o vinagre balsâmico e a água. Misture tudo com o auxílio de uma colher. Unte a forma com a farinha que usou para fazer a massa, coloque em forno  pré aquecido a 180 graus por 45 minutos ou até cozinhar (dependendo da potência do seu forno). E você sabe os benefícios da Gelatina: Para Que Serve e Como Fazer o Uso Correto? Saiba aqui.

Esta receita é considerada vegana porque não em manteiga, não tem leite e nem ovos. A receite rende 15 fatias e você pode incluir na sua dieta como lanches e ainda agradar a sua família, mesmo que não sejam veganos, pois é gostoso, docinho e faz o maior sucesso. O bolo fica super fofinho mesmo não tendo os alimentos de origem animal.

Agora que você já sabe como funciona o vegetarianismo e o veganismo já pode decidir se você tem ou não o perfil para adotar e se adaptar a esta filosofia de vida. É importante salientar que esta é uma forma muito bonita de enxergar os alimentos e por isso que deve ser feito de coração aberto, pois não adianta você se tornar vegano e amar comer carne. Conforme dito anteriormente, é uma atitude e mudança pessoal de mente e de corpo, por isso deve ser levada a sério.

Se houver dúvidas e se você não souber por onde começar, procure a orientação de um nutricionista, pois ele é a pessoa mais indicada para te ajudar a iniciar este tipo de dieta e até mesmo te recomendar marcas e produtos que são voltados para este tipo de público. Boa sorte!

Queremos que leia também:

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here