Compulsão Alimentar – A Sua Ansiedade Pode Te Fazer Engordar

0
107

Quantas vezes você ficou triste e teve uma decepção e pensou em comprar um sorvete e toma-lo inteiro vendo um programa de TV ao qual você gosta muito?

Quantas vezes você conseguiu realizar um objetivo como, por exemplo, ser promovido no emprego e saiu para comemorar e comer uma pizza com os amigos?

Como você pode ver nas duas situações acima, o ser humano é movido a comida, mas se ele quiser pode emagrecer com saúde. Todos os eventos, tristes ou felizes tem sempre uma boa hora para comer alguma coisa e conversar. A comida está envolvida intimamente com conversas e com festividades. Não existe um casamento que não tenha comida a ser servida e nem mesmo um funeral.

Por isso mesmo que a compulsão alimentar pode ser desenvolvida por uma pessoa que não saiba de controlar diante dos momentos. Como este assunto envolve muitas questões de saúde e emagrecimento, o Ponto Diário resolveu compartilhar com vocês uma matéria exclusiva sobre o tema. Boa leitura.

Afinal de contas, o que é e como funciona a compulsão alimentar?

A Compulsão Alimentar existe quando uma pessoa deixa de comer para viver e passa a viver para comer, ou seja, aquela pessoa que sabe que comer é bom, mas não coloca a sua vida na frente disto, aquela pessoa que come para se manter vivo, com energia e nutrientes necessários para tal.

Agora o indivíduo que passa a viver para comer só pensa em comida a todo instante e sempre é um bom momento para comer. No entanto, os compulsivos alimentar tem algo que é bastante peculiar e comum. Geralmente eles são compulsivos por comidas que são altamente calóricas, ou seja, uma pizza, massa, fast food em geral.

Afinal de contas, o prazer em comer é algo que ele valoriza e realmente todas estas opções de alimentos são gostosas. Isso é realmente indiscutível, pois agrada o paladar de muitas pessoas. No entanto, não é nem um pouco saudável e é justamente por este motivo que a pessoa que possui este transtorno alimentar acaba engordando tanto que se torna obeso.

Como Tratar a Compulsão Alimentar:

Primeiramente o paciente eu  procurar um psicólogo que vai analisar a situação e saber se o caso dele é preciso evoluir para um psiquiatra ou se uma terapia irá surtir o efeito desejado.

Tudo começa no campo da mente, pois o compulsivo é aquela pessoa muito ansiosa que não pensa duas vezes, quer tudo para ontem e tem também como uma característica muito comum a impulsividade.

Na grande maioria das vezes o compulsivo em comer sabe que está fazendo algo muito errado com a sua saúde, mas ele simplesmente não consegue parar. É como se ele não encontrasse o seu botão de desliga. Enquanto tiver comida na sua frente ele vai arranjar um bom motivo para comer e tudo isso pode ser controlado e sanado com ajuda psicológica.

Há casos que são necessários administrar remédios para reduzir a ansiedade e por isso que por muitas vezes a pessoa é encaminhada para o psiquiatra.

Uma pessoa que tem a sua compulsão alimentar controlada vive bem e não sente necessidade descontrolada de comer tudo o que vê pela frente. Dependendo do caso, o indivíduo passa a manter distância total de fast food e começa a iniciar uma vida saudável e se torna atletas.

Toda esta energia e ansiedade de comer são canalizadas e depositadas em objetivos que sejam bons para ele, que possam torna-lo uma pessoa mais feliz e mais saudável. Descubra tudo aqui sobre injeções para emagrecer.

A grande prova é quando a pessoa acaba confrontada com alguma realidade da vida difícil e tenha que passar por momentos difíceis aos quais certamente vai passar na cabeça dele ter uma recaída para tentar mascarar a situação ruim a qual está vivendo. Mas, ele poderá a recorrer a sua rede de amigos e especialistas e iniciar uma terapia intensiva para ajudar a passa por este momento complicado.

Se você conhece alguém ou até mesmo esteja passando por uma situação parecida ou acredita que pode ser que tenha um princípio de compulsão alimentar, é melhor procurar um profissional da área da saúde o quanto antes para tirar esta dúvida, pois quanto mais cedo se descobre a doença, mais fácil é de se curar.

Os nutricionistas se tornam pessoas essenciais também no tratamento, pois a pessoa vai precisar emagrecer com saúde e por isso que um plano alimentar que contemple uma reeducação alimentar eficiente se fará extremamente necessário e bem vindo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here