Quais São os 5 Alimentos Proibidos para Quem Está de Dieta? – Veja Aqui:

0
1123

Last Updated on

Não sei se você já reparou, mas quando somos adolescentes, por mais que comamos alguma besteira – se não tivermos a propensão a engordar – o nosso corpo continua o mesmo. Isso acontece devido ao nosso metabolismo ser muito mais acelerado nesta idade, por isso que alguns alimentos passam despercebidos pelo nosso organismo.

No entanto, quando começamos a avançar na idade e nos tornamos jovens adultos, nosso metabolismo já não é mais o mesmo e com isso podemos perceber que apesar de mantermos os mesmos hábitos alimentares, alguma coisa mudou e o nosso corpo não responde da mesma forma e a consequência disso é ganhar peso e a questão da postura também pode estar contribuindo pra você parecer que está mais gordo.

Então, as mulheres – principalmente – entram em uma corrida contra a balança desesperada para manter a mesma forma de antes. Contudo, se ela não procurar um nutricionista para ajudar neste processo de emagrecimento, poderá ter muito mais trabalho para conseguir alcançar os objetivos ou até mesmo não conseguir. Afinal de contas, a sua idade e saúde mudaram, logo os hábitos alimentares também devem mudar, para o bem da sua qualidade de vida.

As dietas funcionam ou não? 

Quando falo sobre este assunto, o tema costuma ser polêmico e muitas pessoas acham que não é bem assim, que pode sim fazer dieta e que as dietas funcionam. Sim, as dietas funcionam. Mas, é preciso ter cuidado na hora de fazer uma, pois nem todas elas que você vê listada na internet são benéficas para a saúde. Um bom exemplo disso é a Dieta da Bola de Algodão, em que meninas molham uma bola de algodão no suco e ingerem para manter-se saciada. Segundo especialistas, este tipo de dieta pode, inclusive, levar à morte.

Por isso que eu acredito que existe dieta e existe reeducação alimentar e que esta última costuma dar resultados mais positivos. Isso porque a dieta para emagrecer – de uma maneira geral – é mais restritiva, você geralmente tem que se privar de comer muitas coisas que gostam, tudo em busca de um corpo magro e perfeito. Entretanto, quando os dias daquela determinada dieta acabam e você está liberada, você comerá tudo o que gosta e se não se controlar vai comer tanto, mesmo que inconscientemente, como numa tentativa de recompensar-se pelo esforço realizado.

Dentro deste contexto é que entra uma coisa que as mulheres odeiam que é o EFEITO SANFONA. Emagrecemos, engordamos, emagrecemos, engordamos e aquela pele do nosso corpo vai esticando e voltando ao normal todas as vezes que este processo de ganhar e perder peso se intensifica. Com isso, as estrias aparecem e a nossa autoestima vai caindo gradativamente, muitas mulheres também opta pela dieta do arroz.

Já quando uma pessoa se propõe a fazer uma reeducação alimentar, tudo muda na vida, inclusive a forma como se vê e se faz o alimento, passamos a entender mais e melhor sobre as refeições e não deixamos de comer o que gostamos, apenas adaptamos as receitas. A razão pela qual alguém iniciar uma reeducação alimentar pode até ser o emagrecimento, mas conforme o passar do tempo, se percebe que é muito mais que isso, se tratando de uma filosofia de vida, em que se alimentar bem, de maneira nutritiva é uma questão de saúde e qualidade de vida e o emagrecimento se torna uma consequência desta mudança de hábito alimentar.

Sendo assim, não existirá processo de efeito sanfona e nem nada parecido porque não existe fim da reeducação alimentar assim como na dieta. A reeducação alimentar é uma constante na vida de uma pessoa, não se deixa de fazer. Uma vez inserido neste contexto, a pessoa passa a gostar de verdade e procura a melhor maneira sempre de se alimentar, sem ter que fica paranoica com a dieta maluca da semana. Em pouco tempo você percebe que o cabelo e a pele muda, ficam mais hidratados e mais bonitos, assim como o intestino fica mais regulado e o metabolismo, por sua vez, é acelerado. Isso faz com que o corpo comece a queimar as gorduras para manter a energia e a disposição durante o dia todo. Por isso que costumamos dizer que a perda de peso é consequência da reeducação alimentar.

Afinal de contas, quais são os 5 alimentos que não devemos  ingerir:

Independentemente de você optar por realizar uma dieta ou uma reeducação alimentar, existem alguns alimentos que não se deve comer ou beber simplesmente pelo fato de eles não serem bons para a saúde e muito menos para quem está tentando perder peso. Por isso que hoje você vai descobrir todos os detalhes que precisa para manter o seu objetivo em foco e conseguir realizar suas metas de forma assertiva e eficiente.

1 – Refrigerante 

Talvez este aqui seja um dos maiores vilões para quem está tentando perder peso, pois os refrigerantes não são bons para a saúde. Eles são cheios de açúcar, calorias e ainda por cima as versões zero tem um alto teor de sódio em sua composição. Ou seja, apesar de conter menos açúcar, quem é hipertenso não pode nem pensar em tomar um refrigerante zero porque, do contrário, as chances de passar mal são grandes.

⋙ Por que Devemos Adotar Hábitos Saudáveis? Descubra Aqui ⋘ 

Manter o hábito de tomar refrigerante durante o almoço ou jantar então piora a situação. Isso porque não devemos ingerir nenhum tipo de líquido durante as principais refeições do dia porque isso pode causar aumento da circunferência abdominal, além de não permitir que os nutrientes dos alimentos cheguem até o organismo.

2 – Carnes Processadas

Salsicha, linguiça, salaminho, peito de peru, salsichão, presunto, mortadela e por aí vai. Estas carnes processadas são perigosas não comente para quem está se reeducando alimentarmente, mas também para todas as pessoas de uma maneira geral.

Segundo recentes pesquisas as carnes processadas podem causar problemas sérios de saúde e agravar o risco de uma pessoa ter ataque de asma. De acordo com a revista científica francesa ‘Thorax’, as carnes processadas podem aumentar em 22% o risco de doenças respiratórias. Isso porque o nitrito, um conservante usado para manter a vida de prateleira destes alimentos, seria o principal responsável pelas crises respiratórias.

Por isso que se você tiver a chance de optar por outros tipos de carnes, seria mais interessante.

3 – Produtos Industrializados 

Os produtos industrializados de uma maneira geral são complicados de lidar, assim como os perigos do sucos de caixinha e alimentos industrializados congelados é ruim para à saúde de certa forma. É preciso manter a calma e a sagacidade na hora de fazer compras no mercado. E o mais importante de tudo: saber ler os rótulos nutricionais contidos nas embalagens. Se você notar que os ingredientes do produto que você quer comprar tem muito açúcar, gordura e o índice das calorias vai lá para cima, procure produtos industrializados menos agressivos para a sua saúde.

4 Temperos Prontos

Nada melhor para a dona de casa que ter um tempero pronto para fazer a sua comida e ainda por cima deixar tudo maravilhoso. No entanto, este simples fato, que aparentemente é inofensivo, pode causar muitos problemas de saúde devido a alta concentração de sódio que os temperos prontos carregam consigo.

Se for possível, mantenha o hábito de fazer o próprio tempero em casa porque isso vai te ajudar a manter o peso. Às vezes a gente pesa que fazer um frango grelhado vai resolver nosso problema, então passamos os temperos prontos no frango e acabamos estragando tudo. Por isso, se você puder optar em descascar o seu próprio alho e cebola, faça isso e você vai perceber as diferenças desta simples ação no seu corpo.

5 – Sucos de Caixinha 

Este aqui é outro perigo para quem não entende bem como funciona esta indústria manipulativa. Os sucos de caixinha – todos eles menos os integrais – possuem mais concentração de água, açúcar, conservantes e anilinas do que a própria polpa da fruta. Por isso não adianta substituir o refrigerante pelo sucos de caixinha porque na prática pode ser até pior. A melhor coisa que você tem a fazer é comprar a fruta in natura e fazer o seu próprio suco em casa ou escolher os sucos 100% integrais, pois eles não têm açúcar e nem conservantes na sua fórmula.

Por muitas vezes nos pegamos a comprar sucos de caixinha para nossos filhos levarem na lancheira achando que estamos fazendo uma boa coisa, mas não estamos. Os refrescos são como se fossem refrigerantes de frutas de tanto açúcar que eles contêm. Por isso, fique sempre de olho no rótulo nutricional e veja quais são os ingredientes que você está levando para casa. E é sempre importante consultar um nutricionista.

Procure um nutricionista da sua confiança:

Antes de iniciar a sua reeducação alimentar ou a sua dieta, procure sempre a ajuda de um profissional capacitado para te mostrar quais são as opções mais saudáveis de atingir as suas metas. Não acredite de cara nas dietas malucas da internet porque tem muita gente mal intencionada e que não sabe o que está fazendo. Numa dessas você pode estar privando o seu corpo de receber nutrientes para se manter e causar uma doença para a sua vida por falta de informação.

Fale sempre com o seu nutricionista e ele vai te passar um plano de alimentação de acordo com as suas necessidades. Sem dúvidas esta é a melhor forma de você emagrecer! Boa sorte.

Mais:

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here